quarta-feira, março 04, 2009

Guida, Margarita, Barcelona - parte I


Tudo começou no aeroporto. Como eu odeio passar no raio-x, aquele controlo ridículo de segurança. E tira casaco e tira lenço e tira pulseira e tira relógio e tira cinto e se tiveres botas, tira as botas (sim, porque se eu fosse uma assassina psicótica era mesmo no cano das botas que ia esconder o meu canivete suiço e a minha faquinha de ponta e mola). E, já agora, tirar as botas porquê? Então não apita? Humm... weird!
"Abra a mala que tem líquidos!" Meu caro senhor, CLARO QUE TEM LÍQUIDOS! Eu ainda uso cremes, champôs e amaciadores mas, MAS, dei-me ao trabalho de não trazer nem uma pastinha de dentes que fosse que ultrapassasse os 100 ml. Então, porque me faz desperdiçar o meu precioso "tempo duty free" a abrir malas?
Não querem que leve nada que ultrapasse os 100 ml mas se levar dois líquidos iguais de 75 ml está tudo tranquilo?! Sinceramente, alguém dentro do assunto que me explique porque não há maneira do meu Tico e Teco entenderem isso.
Claro que Margarita Alexandra passeou pelas lojas do aeroporto sempre a resmungar:

Eu - Pfff... se eu fosse um terrorista ia mesmo guardar o meu "equipamento bombístico"todo na mala...
G. - Então ias guardar onde? Apita!
Eu - AONDE?!?

Para além de cega ando surda e nem vou comentar a cara do senhor lá da lojinha do corte inglés...

1 comentário:

Evinha disse...

loll dava tudo pa ter ido com as meninas!!! ..Jesus!!! ..estou mm mm a imaginar.. só faltava lá eu pa sermos o trio mais perigoso de Barcelona... ... ..pq tenho a certeza k aí sim ..tudo ..mas mesmo tudo.. nos poderia acontecer!! ..lollllllllll ..muito bom mesmo!! ..façam lá um jantarzinho de despedida para o povo:)))...siiiiimmm?!? ..e aproveitem para relatar o diário da viagem;pp ..

beijo bem bem bom ..pas minhas duas doudas preferidas.. nas suas bochechas..;p!!***

 
Creative Commons License
This work is licenced under a Creative Commons Licence.