segunda-feira, junho 07, 2010

O amor acontece


No início, quando o amor acontece, tudo é um mar de rosas. O difícil vem sempre depois. A grande prova vem a seguir, após o periodo de encantamento, conseguir continuar a construir esse amor que aconteceu.
E é aqui que mais falhamos. Porque aí temos que investir e nós já temos tanto em que pensar que queremos é a "papinha toda feita", queremos apenas o melhor "para mim" e o melhor, no aspecto emocional, é o que der menos trabalho. Quem só pensa no melhor para si dificilmente saberá construir um grande amor. No amor não se pode ser egoísta, no amor pensa-se a dois e tem que se abrir, muitas vezes, mão do que queremos "para mim" para pensar no que queremos "para nós".
Viver um grande amor parece fácil, no entanto, por trás dum grande amor, há sempre muita dedicação.
E não valerá a pena? :')

2 comentários:

All About Nothing disse...

O amor é generoso =)
Caso contrário não é amor ...

Pena que cada vez mais o egocentrismo não deixe as pessoas amar a sério!

Evinha disse...

:) ..Lindona ..o teu amigo R. devia ler o teu blogue ..mesmo! ..especialmente este post ..que parece que foi feito para ele .. ..mas também acho que ele sabe isto tudo.. só que mesmo assim não consegue abrir mão de nada, nada mesmo, custe-lhe o que isso custar.. mesmo que seja a mim..
Por isso se calhar "All About Nothing" tens razão.. se calhar é como eu lhe disse ..se calhar, mesmo que diga que me ama, nunca amou ninguém.. **

 
Creative Commons License
This work is licenced under a Creative Commons Licence.