terça-feira, dezembro 01, 2009

A morte


Hoje deram-me umas saudades do meu T., diria mesmo, (quase) insuportáveis! Uma vontade incontrolável de o ver, de o abraçar e, principalmente, de me rir com ele descomedidamente como costumamos fazer quando estamos juntos.
Estava eu perdida nesses meus pensamentos quando ouço a minha avó:
- "Este quadro foi o Ruiz que fez... (suspiro)"
Foi aí que me apercebi que quem estava a sentir saudades, naquele preciso momento, era ela. Saudades do marido (avô que nunca cheguei a conhecer), saudades impossíveis de matar, saudades que ficam, saudades para sempre.
E dei comigo a pensar que essa - a saudade que nunca acaba - deve ser a pior que existe.
Infelizmente, um dia, todos nós vamos sentir essas saudades e amarrarmo-nos às lembranças que temos com unhas e dentes, sejam elas um quadro, um bilhete ou uma fotografia.
Por isso, nesse mesmo instante, sorri... por ainda ter a sorte de poder matar todas as minhas saudades.

8 comentários:

M. disse...

É verdade, infelizmente sei que é verdade.
Bjs,
M.

Anónimo disse...

Muito bom. Parabéns.

Martinha disse...

adorei o texto. tens toda a razão!

Margarita disse...

:')

Evinha disse...

lindo lindo lindo ..e é verdade mm.. eu tenho umas saudades assim, das que nunca acabam.. das que sei que vou sentir para sempre, que batem no coração qd menos espero..só porque passo num lugar, ouço uma música, vejo uma foto ou alguém que sabe o que eu sinto.. e doí doí muito ..depois sinto raiva, não acredito, não entendo, como é q a vida nos leva os que mais amamos!? ..não devia! ..mas depois acabo por pensar nos momentos bons que passei com ele, e nas ouras pessoas que amo e que estão bem e aqui comigo.. e faço as pazes com a vida:) ..
..Mas também estou sempre a ter das outras saudades ..das que posso matar e mato sempre que as sinto.. seja de que maneira for;))
Beijão;*

Evinha disse...

lindo lindo lindo ..e é verdade mm.. eu tenho umas saudades assim, das que nunca acabam.. das que sei que vou sentir para sempre, que batem no coração qd menos espero..só porque passo num lugar, ouço uma música, vejo uma foto ou alguém que sabe o que eu sinto.. e doí doí muito ..depois sinto raiva, não acredito, não entendo, como é q a vida nos leva os que mais amamos!? ..não devia! ..mas depois acabo por pensar nos momentos bons que passei com ele, e nas ouras pessoas que amo e que estão bem e aqui comigo.. e faço as pazes com a vida:) ..
..Mas também estou sempre a ter das outras saudades ..das que posso matar e mato sempre que as sinto.. seja de que maneira for;))
Beijão;*

Evinha disse...

P.S. ..adorei também a foto do meu filme favorito no post;)!

Margarita disse...

:') Obrigada*saudades tuas, princesa*

 
Creative Commons License
This work is licenced under a Creative Commons Licence.